quarta-feira, 26 de agosto de 2015

O Médico de Córdova de Herbert Le Porrier



Sinopse:

Em Córdova, na Andaluzia, o turista ainda hoje pode ver o busto em bronze de uma personagem de rosto emaciado e olhar de águia: a inscrição diz-nos que se trata de Moisés Maimónides, médico judeu, nascido em 1135 nessa cidade, na época em que ela atingira o seu apogeu. Ali viviam em harmonia árabes, cristãos e judeus, oferecendo ao mundo um modelo nunca mais igualado de civilização e de tolerância. Aquele a quem os escolásticos cristãos dariam o nome de «Águia da Sinagoga» por ter tentado, antes de Tomás de Aquino, conciliar a Bíblia e Aristóteles, foi forçado ao exílio devido ao fanatismo dos novos conquistadores árabes. Expulso da Palestina pelos Cruzados, acabou os seus dias no Cairo, como médico e amigo do sultão Saladino, e também enquanto médico dos pobres. Morreu em 1204, tendo deixado uma obra filosófica e científica que iria brilhar ao longo dos séculos por todo o Ocidente. O Médico de Córdova é o romance da sua vida apaixonante.

Opinião:

Este foi um dos livros que comprei este ano na feira do livro de Lisboa e revelou-se uma boa aposta, aliás quem ler a sinopse fica já com uma boa ideia do que o livro tem para oferecer. Rico no enredo, acompanha o percurso de um dos grandes personagens do período de referência. 

Não é uma leitura fácil, pois a ausência de diálogos e algumas reflexões filosóficas torna o livro algo descritivo, o que obriga o leitor a estar muito concentrado para não perder o fio à meada. No entanto, todos estes elementos que à partida possam parecer mais desmotivadores são bastante importantes para um fiel retrato da época e claro que para o aprofundar das personagens, nomeadamente de Moisés Maimónides, um personagem cativante e muito evoluído para a época em que viveu.

O livro é escrito de uma forma auto-biográfica, onde acompanhamos as viagens de Moisés, a sua evolução enquanto pessoa e pensador, os conflitos políticos, sociais e religiosos da época.

Um livro que recomendo, em especial a quem é amante de um bom romance histórico, de quem se interesse por saber mais sobre a história da Península Ibérica.

22 comentários:

  1. Viva Fiacha,

    Não conheço este autor, mas para quem gosta do género parece deveras interessante.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Luís,

      Também me passava ao lado se não fosse o senhor da Editora a sugerir-me este livro, alias os 3 que trouxe comigo - para aproveitar uma promoção - foi tudo recomendação do senhor da Editora :D

      Sem duvida, por acaso agora ando a ler muitas coisas sobre Árabes / Judeus / Cristãos e estamos sempre a aprender...um livro que vale bem a pena :)

      Abraço

      Eliminar
  2. Ora Viva!! :D
    Parece bem interessante :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Nuno :D

      Sim e um bom livro, apenas acho que podia ter mais diálogos para tornar a leitura mais fluída, mas pronto tirando isso temos livro ;)

      Abraço

      Eliminar
  3. Olá Fiacha,
    Gostei da sinopse e da tua opinião. Mas este não faz o meu género de leitura, tenho que sair da minha zona de conforto.
    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Carla,

      Nada como experimentares pois neste caso estás a deixar passar ao lado um bom livro...foi muito por sair da minha zona de conforto que experimentei novas parcerias, uma das quais a Bizâncio, e foi o melhor que fiz ;)

      Bjs e boas leituras

      Eliminar
  4. Olá!
    Comecei há pouco tempo a gostar bastante de romances históricos, mas acho que que este não é para mim. Mas a sinopse parece interessante.
    Ainda bem que gostaste.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois,

      Nada como se ir experimentando vários géneros, por acaso é um dos meus preferidos e tens muita coisa boa...e sim gostei, é um livro bem interessante :)

      bjs e boas leituras

      Eliminar
  5. Olá Fiacha
    Pareceu-me bem interessante, mas a parte de não ter diálogos assustou-me um pouco.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Sara,

      Um livro muito bom sem duvida mas que com diálogos podia tornar a leitura muito mais fluída.

      Bjs e boas leituras

      Eliminar
  6. Olá,
    Não conhecia o autor mas parece ser um livro interessante apesar de eu associo a ausência de diálogos, reflexões filosóficas e demasiadas descrições a algo aborrecido e chato, mas posso estar enganada.
    Ainda bem que gostaste.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Tânia,

      O livro é sem duvida interessante mas tens que estar muito concentrada para não perderes ali o fio à meada...gostei sim :D

      Bjs e boas leituras

      Eliminar
  7. Olá,
    Acredito que seja um bom livro, contudo estou certa de que não é o tipo de livro de que gostaria essencialmente pelo facto de ter alguma falta de diálogos e ser demasiado descritivo, normalmente não me dou lá muito bem com esse tipo de livros, mas acredito que seja bastante interessante para os amantes de históricos! :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois,

      Não é demasiado descritivo, não é bem isso mas entendo perfeitamente o que queres dizer.

      Vale muito a pena ler o livro pelo menos eu gostei :)

      Bjs e boas leituras

      Eliminar
  8. Olá Fiacha,

    mais um livro interessante da Bizâncio. Gostei da tua opinião, vê-se que gostaste! Como é em estilo auto-biográfico parece-me não ser muito o meu género, mas parece interessante.

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Lamora,

      Olha fico cá na ideia que irias gostar, por exemplo a Robin Hobb tambem conta a vida de Fitz, será um livro auto-biográfico ? Seja como for este é diferente e sem duvida um grande livro, acho que ias gostar ;)

      Bjs e boas leituras

      Eliminar
  9. Olá Fiacha!!

    Parece ser um livro muito interessante. Vou pôr na minha lista, gosto de romances históricos e parece ser uma boa aposta para quando me apetecer umas secas filosóficas :P mas explica-me uma coisa gostaste do facto de ser narrado pela primeira pessoa, pelo próprio médico? O autor tem de conhecer muito bem o tipo para arriscar sem cometer erros históricos, o senhor é bem antigo :D

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Cátia saudades de te ver por estes lados :D

      Gostei sim senhor o livro é muito bom, mesmo não havendo ali muitos diálogos, não quer dizer que não mexa contigo, que te faça querer saber mais sobre o personagem, alem de que ficas a saber um pouco mais sobre aquele período que é rico em acontecimentos ;)

      Bjs

      Eliminar
  10. Parece um livro muito interessante, vvou apontar o nome, pois além das minhas habituais leituras do fantástico, fc , etc, tb gosto de livros sobre mitologia, ciência, história, religião, etc. livros onde se aprende.
    Obrigada pela sugestão

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Elsa,

      Ora nem mais sabe bem variar um pouco as leituras e este é sem duvida um bom livro...acho que estava ao pé de mim quando o comprei lá na feira do livro :D

      Bjs

      Eliminar
  11. Olá Fiacha
    Não conhecia e apesar de não ser de leitura fácil parece ser bastante interesse.
    Vou registar a sugestão =)
    Bjs

    O Prazer das Coisas | Facebook | Youtube

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Tita,

      Um grande livro, se poderes lê ;)

      Bjs

      Eliminar