quarta-feira, 3 de julho de 2013

A voz dos deuses de João Aguiar





Sinopse:


Em 147 a.C., alguns milhares de guerreiros lusitanos encontram-se cercados pelas tropas do pretor Caio Vetílio. Em princípio, trata-se apenas de mais um episódio da guerra que a República Romana trava há longos anos para se apoderar da Península Ibérica. Mas os Lusitanos, acossados pelo inimigo, elegem um dos seus e entregam-lhe o comando supremo. Esse homem, que durante sete anos vai ser o pesadelo de Roma, chama-se Viriato. Entre 147 e 139, ano em que foi assassinado, Viriato derrotou sucessivos exércitos romanos, levou à revolta grande parte dos povos ibéricos e foi o responsável pelo início da célebre Guerra de Numância. Viriato foi um verdadeiro génio militar, político e diplomático.

Mas, sobretudo, foi o defensor de um mundo que morria asfixiado pelo poderio romano: o mundo em que mergulham as raízes mais profundas de Portugal e de Espanha. É esse mundo, já então em declínio, que este livro tenta evocar.

Opinião:

Este foi dos melhores livros que li até hoje de romance histórico, o melhor sem duvida escrito por um escritor português e sobre um período curto, é verdade, mas importante do passado do nosso pais.

Surpreendido com a rapidez com que o li, julgo ter lido em apenas dois dias e só tenho a agradecer à amiga Caminhante a recomendação da leitura deste escritor que sem duvida tem imensa qualidade. Só de pensar que comprei este livro por 1 ou 2 euros, leva-me a pensar que vale a pena procurar bem nas feiras do livro e ser paciente.

Penso que o resumo do livro retrata bem tudo o que o livro tem para oferecer, logo não vou estar a comentar muito mais sobre o mesmo, até para não fazer grandes spoilers. Na parte inicial conhecemos Tongio, um jovem que será um dos personagens principais, vindo a tornar-se amigo de Viriato e posteriormente um dos seus braços direitos.

Interessante pelo rigor histórico apresentado algo que nos é explicado no final do livro, com um ritmo forte onde existem vários combates e nunca são descritos de uma forma muito descritiva, excelente nesse nível, muitos pormenores de qualidade com acontecimentos que nos surpreendem e claro as personagens são muito bem desenvolvidas e que mal as conhecemos melhor acabamos por nos tornar suas amigas. Penso que as descrições estão muito boas, parece que estava a "viver" os acontecimentos no momento em que decorrem e claro acabamos por conhecer mais sobre a nossa história, muito bom mesmo.

para quem como eu já leu muitos livros sobre o Império Romano, sabe que a sua grande força era mesmo o seu rigor de combate e claro que custa acreditar que tenha existido alguém que tenha conseguido massacrar tantas legiões, tipo 5.000 experientes militares romanos apenas num combate, mas de facto só nos faz admirar mais o grande homem que nos é apresentado pelo escritor.<

Adorei ver aqui vários nomes de personagens importantes do Império Romano, pena Sulla só ter sido referenciado  mas foi bom rever vários nomes que tantos bons momentos já me proporcionaram e vê los agora em ação contra Viriato foi bom :)

Grande livro, um escritor que quero obviamente ler mais livros e que recomendo a todos, não percam este grande romance histórico onde a base é a luta de um lusitano contra a invasão dos romanos à Península Ibérica ;)

14 comentários:

  1. Olá Fiacha
    Fico bem contente que tenhas gostado do livro :) e de facto a escrita de João Aguiar lê-se muito bem.
    Quando quiseres mais do autor, sabes onde podes encontrá-los :P
    Viriato é uma figura de peso na nossa história, se bem que não se consegue saber ao certo qual o seu real papel. Há várias versões dos seus feitos e da dimensão dos mesmos.
    Aconselho-te Uma Deusa na Bruma do mesmo autor :) é passado geograficamente na região entre o rio Douro e o Lima e é passado na mesma altura. Porém é mais místico. Fala de um jovem Túrio e do seu papel na comunidade como receptáculo dos Deuses e da forma como esta sua missão condiciona a sua jornada pessoal, as suas ambições e escolhas.
    Isto é só para te aguçar o apetite :)
    bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
  2. Olá Caminhante,

    Sem duvida um escritor com qualidade, isso é visivel a milhas, aqui está a prova que não é necessário uma saga, um livro com 900 páginas para se escrever um grande livro ;)

    Sem duvida, à coisas que se sabe sobre o personagens outras não, como de onde é originário, mas é normal de que por mais rigorosa que seja a obra existir sempre um cunho pessoal do escritor, no fundo tem por base factos verídicos mas depois há que desenvolver o enredo e nesse aspeto esteve a um nível muito alto mesmo ;)

    Fica registada a recomendação e fica desde já combinado, no próximo encontro podes trazer o livro (Uma Deusa na Bruma), fiquei com o apetite aguçado :D

    Para já é tempo de A Oeste do Eden, alguém me recomendou ;)

    Bjs e boas leituras :)

    ResponderEliminar
  3. Se este livro for assim tão bom como tu e a Caminhante dizem, sou capaz de o ler. Sempre gostei de História, principalmente desta época do Império Romano e a história de Viriato sempre me impressionou. Infelizmente nunca li nenhum livro sobre e ele e uma vez que há anos que não leio um bom livro histórico, talvez este venha remediar o problema :D

    Abraços e boas leituras!

    ResponderEliminar
  4. Olá Pedro,

    Não engana, estás na presença de um grande Romance Histórico, não tenhas a menor dúvida ;)

    abraço e boas leituras para ti também :)

    ResponderEliminar
  5. Oi oi!=D

    Eu sei que já disse isto antes no teu facebook, mas reforço: Li este livro há anos atrás, mas gostei tanto, que andei até há bem pouco tempo a tentar encontrar qual era o livro..

    Penso que há mais deste escritor que não ficam nada atrás deste... Dito pela prof que me recomendou A Voz dos Deuses!=p

    Bjinhos e boas leituras!**

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ois Ghost,

      Sem duvida um livro muito bom, quero ler mais livros do escritor e até tenho quem me empreste ;)

      Bjs e volta sempre :D

      Eliminar
  6. Olá Fiacha,

    interessante o livro q leu, gostei de sua resenha, me fez ficar curiosa sobre tal obra ainda mais tratando-se de um romance histórico que adoro!!! Mas vim aqui principalmente para avisá-lo q tem uma tag no meu blog para vc, espero que goste!!! :D

    ResponderEliminar
  7. Ois Amanda,

    Se poderes lê que é um excelente escritor e um grande livro sem duvida.

    Obrigado a ver se passo lá para responder :)

    Bjs e boas leituras :D

    ResponderEliminar
  8. "Este foi dos melhores livros que li até hoje de romance histórico, o melhor sem duvida escrito por um escritor português (...)"

    Pronto. Convenceste-me. :D

    ResponderEliminar
  9. Olá Nádia,

    Já li umas coisas de Romance Histórico e mesmo a nível de escritores estrangeiros o João Aguiar não fica atrás de todo e o tema, como viste, é bem interessante, vais gostar ;)

    Bjs e boas leituras :D

    ResponderEliminar
  10. Fiquei deveras curiosa!
    Vou procurar ler.

    C.

    ResponderEliminar
  11. Olá Clarinda,

    Um livro excelente sem duvida, fazes muito bem ;)

    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Ola

    Fiquei com muita vontade de ler esse livro. Eu gosto de romance histórico, porque para além de me dar uma ideia de como era a vida nessa época, obriga-me também a várias pesquisas, não basta o que está no livro, depois quero sempre saber mais. Mas o que me leva a querer lê-lo é mesmo a personagem Viriato. Pouco sei dele, e durante a escola eu não era muito adepta de história, mas na primaria lembro-me de ler algumas lendas sobro Viriato, o grande guerreiro lusitano que terá nascido em Louriga aqui bem perto. Naquela altura fascinou-me, alguém tão importante, da Serra da Estrela, que defendia as suas terras e tinha vantagem pois conhecia-as como ninguém.
    Um herói!!! Meu vizinho!! hehe

    Vou pô-lo na minha wishlist e já sei que por mais pequeno que seja, é livro para me ocupar por algum tempo.

    Obrigado pela sugestão.
    beijo =)

    ResponderEliminar
  13. O melhor livro português que já li.
    O segundo melhor romance histórico que já li em toda a minha vida*, com o bónus que este é mesmo sobre o passado de Portugal.

    Um colega falou-nos neste livro. Outro colega meu leu e ficou rendido. Acabou por "contaminar" 5 de nós. Pessoal que raramente agarra num livro, estavamos 5 completamente envolvidos nesta história.

    Não só está muito bem escrito, como cheio de pormenores históricos ricos, e com uma descrição fluída brilhante.

    Devia ser de leitura obrigatória, ou pelo menos fortemente recomendado e divulgado.

    * Melhor romance histórico que já li, exactamente pelos pormenores historicos técnicos e fluides, o Fire In The East do Harry Sidebottom. Descreve a preparação de uma cidade Romana para o choque de dois grandes Impérios (Romano vs Sassanida [Persa]). O grande choque de dois Titans.

    ResponderEliminar